top of page

Carta Mensal - Fevereiro 2024

Confira o que aconteceu de mais importante em inovação e tecnologia no mês de fevereiro de 2024!



O que você vai ver nesse material:


  • Dados do mês: NVIDIA ultrapassa a marca dos US$ 2 trilhões; 257 startups cogitam realizar IPO entre 2024 e 2025

  • Índices e ações: Big techs, Tech BR e Cripto

  • Top picks: Resultados NVIDIA, Nubank e Mercado Livre (4T23)

  • Análise macro: Brasil e mundo

  • Principais notícias do mês: Apple Vision Pro é lançado nos Estados Unidos; Google suspende geração de imagens no Gemini após "inconsistências"

  • Recomendações: "LatAm 2023 Startup Landscape", by Sling Hub e Itaú BBA



 


Startupeiros: prontos pro South Summit Brazil 2024? 😎⛵️


A Snaq e o banco BV (sponsor do barco) estarão no evento que é referência em inovação no país. Participe do Speed Networking, um bate-papo de negócios que tem por objetivo gerar conexões, compartilhar conhecimentos e explorar oportunidades de negócios junto com executivos do banco BV. O evento ocorrerá nos dias 20, 21 e 22 de março.


➡️ Para participar, inscreva-se até o dia 8 de março neste link!

 

📊 Dados do mês



📈 NVIDIA ultrapassa a marca dos US$ 2 trilhões; investimentos da big tech em startups saltaram 280%

Em fevereiro, a NVIDIA ultrapassou a marca dos US$ 2 trilhões em valor de mercado, com ações seguindo em tendência de alta desde a divulgação de resultados do 4T23, que vieram acima do esperado pelo consenso.


#ZoomOut: Desde o início de 2024, as ações da #NVIDIA saltaram 59% e triplicaram de valor em 2023. Com isso, a NVIDIA só fica atrás de #Microsoft e #Apple na lista de empresas mais valiosas dos Estados Unidos. Olhando em retrospectiva, as ações NVDA renderam 2.180% desde janeiro de 2019, segundo dados do Google Finance!



Com o objetivo de mapear os próximos passos da #NVIDIA, vale investigar o que big tech tem feito em termos de novos investimentos em startups, em especial no setor de IA.


De acordo com S&P Global e Crunchbase, os investimentos da NVIDIA em startups saltaram 280% entre 2022 e 2023. Só nos primeiros três trimestres de 2023, a NVIDIA investiu quase US$ 1 bilhão em “não afiliadas”. Os principais rivais da NVIDIA ( #AMD, #Arm e #Intel) também têm investido agressivamente em startups, buscando ganhar espaço no segmento de IA generativa. Go deeper.


Seu braço de CVC, o #NVentures, participou de 46 rodadas em 2023; 35 foram em startups de IA, segundo o Financial Times. Sua estratégia de investimento centra-se em startups que utilizam sua tecnologia e produtos. Entre as investidas da NVIDIA, estão #HuggingFace, #Inflection e #MistralAI (concorrentes da OpenAI). Go deeper.



➡️ Principais notícias de relacionadas a IA em fevereiro:



🤝 M&As das big techs atingem menor patamar da série histórica; Google lidera ranking de melhores aquisições de todos os tempos

As fusões e aquisições (M&As) têm sido umas das principais formas das gigantes da tecnologia ampliarem o portfólio de produtos e serviços em busca de gerarem novos catalisadores de receita (e lucro).


Entre as maiores operações de M&As do setor de tecnologia, está a aquisição da Activision Blizzard pela Microsoft por US$ 69 bilhões. A operação foi anunciada em janeiro de 2022, mas foi concluída quase dois anos depois com diversos ajustes no acordo.


#ZoomOut: Para os reguladores, esses ajustes foram necessários para reduzir as chances da big tech assumir uma posição monopolística na indústria de games, uma das mais rentáveis da atualidade.



O caso da Activision Blizzard não é único. A recente pressão regulatória fez a quantidade dessas operações cair em 2023 entre todas as big techs. Neste ano, o volume de M&As dessas empresas caiu para cinco operações, segundo dados do CB Insights — no 3T23, nenhuma operação foi registrada! Para especialistas, essa tendência continuará em 2024.



Olhando em retrospectiva, no ranking de melhores aquisições de todos os tempos, está o #Google; das oito maiores, metade delas foram realizadas pela big tech. Em destaque, está as aquisições da #DoubleClick (Google), #Instagram (Facebook, atual Meta) e #YouTube (Google). Nota-se que o retorno trazido por cada uma essas aquisições ultrapassou US$ 150 bilhões!


#ZoomOut: A classificação foi baseada em um cálculo do retorno absoluto em dólares para o adquirente. Foram considerados os múltiplos de receita para estimar o valor atual da empresa adquirida, multiplicando sua receita estimada pelo múltiplo market cap-to-revenue das ações da empresa-mãe. Todas as estimativas são baseadas em divulgações financeiras públicas.



Considerando a atual dinâmica do setor de tecnologia (iniciativas concentradas em poucas empresas) e a ascensão da #IA, reguladores têm se posicionado de forma mais exigente frente às novas operações de M&As lideradas pelas big techs.


Para reguladores, há uma necessidade de aumentar a concorrência nas principais linhas de negócio (nuvem, publicidade, sistemas operacionais, dentre outros), aliado ao avanço das aplicações de IA generativa, que podem levar à redução de custos e à busca de novos mercados.


➡️ Notícias de envolvendo reguladores e big techs em 2024:



📈 257 startups cogitam realizar IPO entre 2024 e 2025; o que esperar das iniciativas de Shein, Klarna e Reddit

Um dos temas mais quentes do mês de fevereiro foi a potencial retomada dos IPOs de empresas tech. Entre os fatores favoráveis, estão a queda das taxas de juros (destaque para EUA e Europa), o desempenho dos IPOs registrados em setembro ( #Arm, #Instacart e #Klaviyo) e a onda de otimismo trazida pelos resultados das big techs no início de 2024 ( #NVIDIA, #Microsoft e #Meta).


#ZoomOut: De acordo com a CB Insights, 257 startups estão considerando realizar sua abertura de capital entre 2024 e 2025, conforme o quadro abaixo. Em destaque por setor, estão SaaS (103 empresas), RetailTech (49) e FinTech (46), respectivamente.



Porém, desde a inversão do "boom" de VC em meados de 2022, as startups seguem com valuations pressionados e investidores mais exigentes em termos de geração de receita (e lucro), o que se reflete no ajuste dos valores (vs. valuation na última rodada de investimento), conforme a análise a seguir. Entre as empresas que estão com o IPO no radar, estão #Klarna, #Reddit e #Shein.


A #Reddit registrou seu pedido de IPO em meados de fevereiro. É a 2ª tentativa de abertura de capital da rede social americana — o 1º pedido foi registrado em 2021. A quantidade de ações que serão negociadas e a expectativa de valuation não foram divulgadas.


#ZoomOut: Em 2021, após sua última rodada de captação, a Reddit foi avaliada em US$ 10 bilhões. Em 2023, a Reddit registrou um prejuízo de US$ 90,8 milhões (vs. US$ 158,6 milhões em 2022).



A #Klarna negocia uma IPO de US$ 20 bilhões nos Estados Unidos. A listagem da fintech sueca especializada em BNPL (”compre agora, pague depois”) promete ser um dos maiores IPOs em 2024. Os detalhes da oferta estão em andamento e não foram divulgados.

%

#ZoomOut: Em 2021, a Klarna foi avaliada em US$ 45,6 bilhões e conquistou o status de startup mais valiosa da Europa. A fintech oferece crédito para 150 milhões de consumidores e registra 2 milhões de transações por dia em 45 países.



A #Shein informou ao mercado que considerava mudar seu IPO para Londres. O motivo? A gigante do fast fashion considera pouco provável a aprovação da SEC. Se a mudança for necessária devido ao entrava regulatório, a Shein precisaria apresentar uma nova solicitação de listagem no exterior.


#ZoomOut: A listagem em Londres tem um potencial benefício para esse mercado, que enfrentou um dos piores anos para IPOs em sua história moderna em 2023, potencializado pela saída de empresas para os Estados Unidos — como ocorreu com a fabricante de chips #Arm.




🦄 Dos 24 unicórnios brasileiros, 14 aumentaram o quadro de funcionários nos últimos dois anos; Nubank lidera com um aumento de 104%

As demissões em massa no setor de tecnologia a nível global ganharam os noticiários ao longo de 2022 e 2023, inclusive no Brasil. Essa tendência é reflexo do cenário restritivo para o VC, que reduziram o volume de investimentos e levou ao corte de gastos, inclusive de funcionários.


Por outro lado, se olharmos para as empresas que conquistaram o status de unicórnio no Brasil, nota-se que a maior parte deles (59% do total) registraram um aumento no quadro de funcionários nos últimos dois anos.


De acordo com dados da Sling Hub, dos 24 unicórnios brasileiros analisados, 14 apresentaram um aumento no quadro de funcionários entre janeiro de 2022 e janeiro de 2024. Em destaque, está o #Nubank (+104%), #Gympass (+53%) e #C6Bank (+49%). Na contramão, está a Loft (-51%), EBANX (-45%) e Wildlife (-44%)



💵 Investimentos em VC na América Latina totalizam US$ 482 milhões em fevereiro; Incognia capta US$ 31 milhões

Em fevereiro, as startups latino-americanas captaram US$ 482 milhões (+10% T/T). Desse total, apenas US$ 167 milhões foram para as startups brasileiros, segundo dados da Sling Hub.


No Brasil, as maiores rodadas pertenceram à #Incognia (US$ 31 milhões), #Tembici e #Traive.Em relação aos M&As em destaque no mês, como a aquisição do #willbank pelo Banco #Master. O valor da operação não foi divulgado.



 

📈 Índices e ações



📊 Ações das big techs impulsionam alta do S&P 500; Ibovespa registra maior queda acumulada desde agosto de 2023

Os principais índices de referência fecharam o mês com desempenho positivo, impulsionado pela onda de otimismo entre investidores globais e bolsas americanas próximas de atingir novas máximas históricas, inclusive no setor de tecnologia.



Entre os destaque do mês, está a #NVIDIA, que conquistou status de 3ª empresa mais valiosa do mundo (atrás de Microsoft e Apple) após divulgar resultados do 4T23 e guidance acima do esperado pelo consenso em meados de fevereiro.



Em relação ao #Ibovespa, fechou o mês com alta acumulada em torno de 1%, após experimentar uma queda em janeiro. O desempenho positivo foi puxado pelo otimismo nos mercados globais e cenário macro interno favorável, de inflação em queda e crescimento do PIB.


No ranking de empresas de tecnologia mais valiosas da atualidade, #Nubank (listado na bolsa americana, avaliado em R$ 258 bilhões) e a #Totvs (listada na B3, avaliada em R$ 19,1 bilhões) seguem na liderança.




🪙 Ether e Bitcoin disparam 46% e 42% em fevereiro, respectivamente; otimismo segue entre investidores cripto nos próximos meses

Como efeito da aprovação do ETF de Bitcoin em janeiro pela SEC (CVM dos Estados Unidos), o mercado cripto experimentou uma forte valorização no mês de fevereiro. Outro fator favorável foi a proximidade de um novo #halving da criptomoeda nos próximos meses.


#ZoomOut: Depois de 10 anos, a #SEC (CVM dos Estados Unidos) aprovou o #ETFs de #Bitcoin em janeiro. O aval viabilizou o acesso de investidores institucionais e de varejo às criptomoedas dentro das regras das finanças tradicionais, conferindo mais credibilidade e liquidez para o setor.



A criptomoeda mais valiosa da atualidade, o #Bitcoin (BTC), encerrou o mês de fevereiro no patamar de US$ 66 mil (R$ 300 mil), com uma alta acumulada de 42% (acima dos índices S&P 500 e Ibovespa). Esse patamar não era visto desde novembro de 2021. Em relação ao Ether (ETH), saltou 46% no período.



Seguindo essa tendência de alta, o BTC bateu recorde histórico de preço no início de março (US$ 69 mil = 1 BTC) , atingindo US$ 1,35 trilhão em capitalização de mercado, de acordo com dados do site Companies Market Cap.




 

🎯 Top Picks: NVIDIA, Nubank e Mercado Livre (4T23)



🖥️ NVIDIA

Os resultados do 4T23 vieram acima das expectativas 4T23, seguindo a tendência de alta demanda por chips de IA. Como efeito, em fevereiro, a NVIDIA ultrapassou a marca dos US$ 2 trilhões. e conquistou o status de 3ª empresa mais valiosa do mundo, atrás da Apple (2ª) e da Microsoft (1ª). Desde o início de 2024, as ações saltaram 59% e triplicaram de valor em 2023.

  • Receita Data Center: US$ 14,5 bilhões (+279% A/A)

  • Receita total: US$ 22,1 bi (+265% A/A) | Lucro líquido: US$ 12,8 bi (+401% A/A)



🟣 Nubank

A fintech entregou mais um trimestre de resultados recordes. Entre os destaques do 4T23, estão i) crescimento da carteira de crédito, ii) melhor mix de crédito e iii) ROE de 23%, superando os concorrentes Itaú e Banco do Brasil. Apesar dos recordes, o lucro veio abaixo do esperado pelo consenso no período.

  • Quantidade de clientes: 93,9 milhões (83% ativos) | ARPAC: US$ 10,6

  • Receita: US$ 2,4 bi (+57% A/A) | Lucro: US$ 360 mi (vs. prejuízo US$ 297 mi)



🛍️ Mercado Livre

Os números da gigante argentina ficaram aquém do consenso e as ações MELI caíram 9,3% em Wall Street no after market, pressionados por despesas não recorrentes. O lucro manteve-se estável no 4T23, como efeito de maiores vendas contrabalanceadas por impactos fiscais negativos. Em nota, o Mercado Livre afirmou que esse efeito negativo foi pontual e não deve pressionar os próximos resultados trimestrais.

  • Quantidade de usuários: 144,7 milhões (+50% A/A)

  • GMV (e-commerce): US$ 13,5 bi (+40% A/A) | TPV (fintech): US$ 56,5 bi (+57% A/A)

  • Receita total: US$ 4,2 bi (+42% A/A) | Lucro líquido: US$ 165 mi



 

🔍 Análise Macro




🌎 Macro Global

Nos Estados Unidos, o FOMC decidiu manter a taxa de juros no intervalo de 5,25% a 5,50% a.a. pela 4ª vez consecutiva na última reunião, realizada no dia 31 de janeiro — é o maior nível desde 2001 e em linha com as expetativas do mercado. Para a autoridade monetária, o índice de inflação desacelerou, mas permanece em patamares elevados, o que deve ampliar o timing de cortes.


No Velho Continente, o Banco Central Europeu (BCE) também decidiu manter a taxa principal de juros em 4,50% a.a. A autoridade monetária reforçou que ainda é cedo para considerar que a inflação está controlada devido às pressões salariais e alta ligada à produtos energéticos. Christine Lagarde, presidente do BCE, destacou que a postura hawkish será mantida pelo “tempo que for necessário” para reduzir a inflação na zona do euro à meta de 2%.



🚩 Macro Brasil

Na 260ª Reunião do Copom, realizada entre os dias 30 e 31 de janeiro, foi decidido cortar a taxa básica de juros (Selic) pela 5ª vez consecutiva para 11,25% ao ano (-0,5 p.p.).


A decisão considerou i) a volatilidade do cenário externo, marcado pelo debate sobre o início do processo de flexibilização da política monetária; e ii) a desaceleração da economia e a evolução da desinflação no cenário doméstico.


Sinalizando o mesmo ritmo de cortes nas próximas reuniões, as futuras decisões dependerão da estratégia de convergência da inflação para o redor da meta. Sem prejuízo de seu objetivo fundamental de assegurar a estabilidade de preços, a decisão também implica suavização das flutuações do nível de atividade econômica e fomento do pleno emprego.


 

📩 Principais notícias do mês




 

📌 Recomendações do mês


 "IPO Pipeline: Identifying Potential VC-Backed IPO Candidates in 2024", by PitchBook

Analistas do PitchBook trazem no relatório um panorama detalhado (com dados de valuation, modelo de negócio e muito mais) sobre as 20 empresas com maiores chances de realizar IPO em 2024, complementando nossa análise sobre o tema. Go deeper.


"LatAm 2023 Startup Landscape", by Sling Hub e Itaú BBA

O relatório da Sling Hub traz uma análise sobre os principais dados (investimentos, M&As, investidores mais ativos, dentre outros temas) que marcaram o ecossistema de VC na América Latina em 2023. Go deeper.



✉️ Se inscreva aqui para receber as próximas cartas direto no seu email!

Esta apresentação foi elaborada pela Snaq com informações disponíveis ao público. A Snaq não faz qualquer representação ou garantia quanto à exatidão, plenitude e confiabilidade das informações, estimativas ou projeções contidas nessa apresentação. Nada neste material deve ser entendido como uma promessa, recomendação ou representação do passado ou do futuro. A Snaq se exonera, expressamente, de toda e qualquer responsabilidade relacionada ou resultante da utilização deste material.


Este material foi preparado apenas para fins informativos e não deve ser interpretado como recomendação de investimento, uma oferta de compra ou venda de quaisquer valores mobiliários ou instrumentos financeiros.


Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


news.png
Receba a principal curadoria do ecossistema de inovação

Newsletter semanal e carta de análise mensal, no seu e-mail, com tudo o que você precisa saber!

bottom of page