top of page

#SnaqReview: Meta

Um resumo atualizado dos principais indicadores da companhia das redes sociais mais populares do mundo, liderada por Mark Zuckerberg!



ūüĒé Conhe√ßa a hist√≥ria da Meta


Em 2004, na Universidade de Harvard, Mark Zuckerberg teve uma ideia: criar uma plataforma online para conectar os estudantes em um ambiente virtual, denominado Facebook. O neg√≥cio foi um sucesso e bilh√Ķes de pessoas ao redor do mundo passaram a us√°-lo. A partir disso surgiu uma das maiores empresas de tecnologia do mundo.


A companhia √© controladora das redes sociais mais populares do mundo (Facebook, Messenger, WhatsApp e Instagram) e n√£o parou por a√≠. Em outubro de 2021, o Facebook ganhou um novo nome: Meta. O motivo? Liderar o "pr√≥ximo cap√≠tulo da conex√£o social‚ÄĚ, no qual novas formas de intera√ß√£o s√£o desenvolvidas no metaverso ‚ÄĒ ambiente virtual imersivo e colaborativo.


Confira os principais n√ļmeros apresentados pela Meta (Facebook) no 2T23:

  • N√ļmero de usu√°rios ativos no Facebook (DAUs): 2,1 bilh√Ķes (+86%)

  • Receita total US$ 32 bilh√Ķes (+11% A/A)

  • Lucro: US$ 7,7 bilh√Ķes (+16% A/A)



ūüéĮ Modelo de neg√≥cio da Meta


O modelo de neg√≥cio da Meta √© centrado na oferta de #aplicativos gratuitos (Facebook, Messenger, Instagram, WhatsApp e Threads), os quais geram receita (e lucro) com #publicidade. Hoje, 98% do faturamento total da big tech √© gerado por an√ļncios! Go deeper.


A Meta coleta dados sobre os tipos de #conte√ļdo consumimos e reagimos em seus aplicativos e sites externos. Com base nisso, os algoritmos do Facebook podem estimar seu perfil pessoal (idade, religi√£o, posicionamento pol√≠tico, status de relacionamento, dentre outros) e categoriz√°-lo.


Funciona da seguinte forma:

  1. Usuários da Meta clicam, curtem e comentam uma determinada publicação (exemplo: post no Instagram sobre cultivo de flores);

  2. Os algoritmos criam categorias (exemplo: pessoas que gostam de p√°ginas sobre jardinagem e vivem no Brasil).

  3. A big tech cobra para mostrar an√ļncios para esse grupo espec√≠fico de pessoas (exemplo: empresa de jardinagem que visa divulgar seus produtos para vender mais).

Vale destacar que o principal #cliente dos aplicativos da Meta n√£o s√£o seus usu√°rios, e sim os anunciantes. E o mais importante: o que torna a big tech t√£o valiosa √© seus 2 bilh√Ķes de usu√°rios ativos diariamente (#DAUs) ‚ÄĒ essa m√©trica, que √© divulgada nos relat√≥rios trimestrais da Meta, contabiliza apenas o Facebook e o Messenger.

O n√ļmero de usu√°rios ativos di√°rios (#DAUs) no Facebook chegou a 2,1 bilh√Ķes no 2T'23 (+5% A/A). Essa m√©trica √© calculada a partir do login e visita ao aplicativo feita por usu√°rio em um determinado dia. Em rela√ß√£o ao n√ļmero de usu√°rios ativos mensais (#MAUs), totalizou 3,1 bilh√Ķes (+3% A/A).

Nota-se que o crescimento da base de #usuários do Facebook está declinando em função: i) entrada de novos concorrentes no segmento de redes sociais (exemplo: TikTok e X). O principal desafio para a Meta é gerar novos catalisadores de receita no médio/ longo prazo. Por conta disso, a Meta tem apostado em uma nova forma de socialização: o #metaverso.



ūüĆĆ Metaverso & Intelig√™ncia Artificial: as novas grandes apostas da Meta


Em outubro de 2021, Mark Zuckerberg anunciou que a big tech passaria por um rebranding: o Facebook Inc. se chamaria Meta, em refer√™ncia ao seu novo foco: o #metaverso. O termo surgiu na obra de fic√ß√£o cient√≠fica ‚ÄėSnow Crash" (1992), de Neal Stephenson, que descreve pessoas interagindo com avatares program√°veis em um espa√ßo virtual tridimensional (#3D).


#ZoomOut: Especula-se tamb√©m que a iniciativa foi promovida com o objetivo de tirar o foco das acusa√ß√Ķes feitas contra a empresa ‚ÄĒ viola√ß√£o de dados de usu√°rios, interfer√™ncia em processos eleitorais nos Estados Unidos e Brasil, dentre outras.


Desde então, a Meta realizou investimentos maciços em P&D (#Pesquisa & #Desenvolvimento de produtos) focados no metaverso, como softwares e hardwares de Realidade Aumentada (#AR) e Realidade Virtual (#VR).


#ZoomOut: Nesse sentido, a Meta tamb√©m tem promovido diversos avan√ßos no campo de intelig√™ncia artificial (#IA), com modelos cada vez mais sofisticados ‚ÄĒ destaque para um dos principais lan√ßamentos, o modelo LLaMA2 ‚ÄĒ, em fun√ß√£o do grande volume de dados retidos pela big tech. Go deeper.


Qual é a diferença entre Realidade Virtual e Realidade Aumentada?

  • Realidade Aumentada (#AR): experi√™ncia que mistura o ambiente virtual com o mundo real (exemplo: Pok√©mon Go, Snapchat e Google AR).

  • Realidade Virtual (#VR): ambiente imersivo digital, no qual os usu√°rios podem explorar e interagir com objetos virtuais. Em geral, isso √© geralmente feito com dispositivos como usando √≥culos e fones de ouvido VR (exemplo: Meta Quest 2)


Os projetos de longo prazo inclui I) interfaces neurais com eletromiografia para pessoas controlarem dispositivos; e II) novas interfaces, a partir de avanços em #IA e hardwares. Esses produtos devem ser lançados a partir de 2030, segundo o relatório da Meta.



ūüéĮ Estrat√©gia de M&A da Meta


Mark Zuckerberg, CEO da Meta, destacou que a estrat√©gia de M&A da companhia √© orientada para a aquisi√ß√£o de talentos. Nota-se tamb√©m que a maioria dessas opera√ß√Ķes encerrou as atividades de empresas concorrentes e seus produtos.


No total, a Meta adquiriu 101 empresas. As aquisi√ß√Ķes mais not√°veis feitas pela Meta incluem neg√≥cios que i) expandiram sua base de #usu√°rios nas redes sociais; e ii) posiciona a big tech no mercado emergente de realidade virtual (#VR). Entre elas, est√£o:



ūüíį Receita e lucro da Meta


A Meta divide seu neg√≥cio em dois segmentos: "Family of Apps" e Reality Labs". Conforme visto nas se√ß√Ķes anteriores, 99% do faturamento total da Meta √© gerado a partir de an√ļncios nos seus aplicativos de redes sociais (Facebook, Messenger, Instagram).


A receita m√©dia por usu√°rio (#ARPU) avalia a capacidade da plataforma de monetizar seus usu√°rios. Essa m√©trica √© calculada pela receita gerada em uma determinada regi√£o ‚ÄĒ Estados Unidos e Canad√° s√£o as mais rent√°veis ‚ÄĒ, dividida pela m√©dia de usu√°rios ativos mensais.


A receita total da Meta chegou a US$ 32 bilh√Ķes no 2T'23 (+11% A/A). Depois da trajet√≥ria de desacelera√ß√£o de receita em 2022, a big tech apresentou um resultado acima do esperado pelo mercado, refletindo as diretrizes do "Ano da Efici√™ncia" anunciado por Zuckerberg.

Nota-se que a família de #aplicativos ("family of apps") responde por 100% do lucro gerado pela Meta. Desde a sua criação em 2021, a vertical representada pelo #metaverso ("Reality Labs") opera com prejuízo bilionário.

O lucro l√≠quido da Meta totalizou US$ 7,8 bilh√Ķes no 2T'23 (+16% A/A). Em termos de lucro gerado por segmento, "Family of Apps" totalizou US$ 13,1 bilh√Ķes (+18% A/A), enquanto "Reality Labs" gerou um preju√≠zo de US$ 3,7 bilh√Ķes (+33% A/A). O lucro por a√ß√£o ficou em US$ 2,98 no per√≠odo.


ūüďą A√ß√Ķes Meta (NASDAQ: META)


Em 2023, a Meta (Facebook) apresentou uma s√©rie de resultados acima do esperado pelo consenso, em fun√ß√£o dos cortes de gastos, melhorias na vertical de #publicidade nas redes sociais, solu√ß√Ķes de IA (destaque para o #LLaMA2) e mais clareza quanto √†s investidas no #metaverso.

Assim, as a√ß√Ķes NASDAQ:META tiveram alta de 7% no after market ap√≥s a apresenta√ß√£o de resultados do 2T'23 .


ūüďÉ Refer√™ncias


https://investor.fb.com/home/default.aspx

https://finance.yahoo.com/quote/META?p=META&.tsrc=fin-srch

https://www.crunchbase.com/organization/facebook

https://about.fb.com/br/news/2019/01/um-olhar-sobre-o-modelo-de-negocio-do-facebook/

https://about.meta.com/br/metaverse/

https://www.meta.com/quest/products/quest-2/

https://en.wikipedia.org/wiki/Snow_Crash

https://www.investopedia.com/ask/answers/120114/how-does-facebook-fb-make-money.asp

https://www.kamilfranek.com/how-facebook-makes-money-business-model-explained/

https://fourweekmba.com/facebook-arpu/

https://valor.globo.com/empresas/noticia/2023/07/26/meta-prev-receita-entre-us-32-bilhes-e-us-345-bilhes-no-3-trimestre.ghtml

https://rockcontent.com/br/blog/metaverso/

news.png
Receba a principal curadoria do ecossistema de inovação

Newsletter semanal e carta de análise mensal, no seu e-mail, com tudo o que você precisa saber!

bottom of page