top of page

#SnaqReview: Mercado Livre

Confira vendas totais, receita, lucro e outros indicadores do maior ecossistema de comércio e pagamentos online da América Latina!



🛍️ Conheça a história do Mercado Livre


Fundado em 1999 e com sede na Argentina, o Mercado Livre é líder de comércio eletrônico na América Latina. Oferece soluções de compra, venda, anúncio, envios e pagamento de bens e serviços, tanto para empresas quanto pessoas físicas. Hoje, conta com mais de 100 milhões de usuários, está presente em 18 países e tem mais de 30 mil colaboradores.



📊 Resultados Trimestrais do Mercado Livre: Análise


➡️ Big numbers do Mercado Livre, 1T23
  • Quantidade de usuários: 100 milhões (+24% A/A)

  • Receita total: US$ 3 bilhões (+58% A/A)

  • Lucro: US$ 201 milhões (+7% A/A)


⚪ Ao contrário dos rumores de que haveria uma deterioração da qualidade do crédito no 1T23, o Mercado Pago (fintech) mostrou boa performance no período, com US$ 1,3 bilhão de receita (+64% A/A) e representou 45% do faturamento total da companhia.



Pethra Ferraz, vice-presidente de marketing para América Latina, disse que o Mercado Livre está apostando em campanhas para que o Mercado Pago "deixe a imagem de meio de pagamento para trás e seja reconhecido como banco digital". A iniciativa tem foco na TV aberta, com uma linguagem próxima ao cotidiano do cliente. Go deeper.


⚪ Em termos de receita gerada por país, detém uma fatia considerável do mercado brasileiro, bem à frente de gigantes nacionais, como #MagazineLuiza e #Via. Segundo dados da Conversion, o Mercado Livre tem um market share de 14% da audiência do e-commerce no Brasil. Go deeper.



⚪ Além das fontes tradicionais de receita, o Mercado Livre segue apostando em novas avenidas de crescimento. Em 2022, anunciou sua criptomoeda própria, o Mercado Coin. A iniciativa visa impulsionar seu programa de fidelidade. A criptomoeda pode ser negociada através do Mercado Pago, e os clientes receberão o token como cashback a cada compra.


#ZoomOut: ao comprar produtos selecionados no Mercado Livre, o usuário recebe Mercado Coins que podem ser acumulados, sem prazo para expirar, e usados em descontos para compras futuras. Outra opção é vender a criptomoeda e receber o dinheiro em conta no Mercado Pago.


🔴 Efeito Americanas: de acordo com um relatório publicado por analistas do Bank of America, o Mercado Livre pode adquirir até 20% do market share da Americanas. Em função do pedido de recuperação judicial da concorrente e melhorias em suas plataformas, espera-se que o Mercado Livre aumente seu tamanho em mais de 30% nos próximos meses.



➡️ Big numbers do Mercado Livre, 3T23

  • Quantidade de usuários: 119,3 milhões (+36% A/A)

  • Receita total: US$ 3,7 bilhões (+40% A/A)

  • Lucro: US$ 359 milhões (+178% A/A)


⚪ As cifras recordes da companhia argentina no 3T23 foram acompanhadas de um aumento da base de usuários (+35% A/A), crescimento das vendas (+26% A/A), melhora nas margens e redução de custos operacionais.



⚪ Com o objetivo de estimular seu crescimento nos próximos trimestres, o Mercado Livre segue apostando na ampliação da oferta de crédito no Brasil e no México via Mercado Pago, que une sinergias com seu e-commerce. Em novembro, a fintech captou US$ 466 milhões via financiamento privado liderado pelas subsidiárias do Citi (Banco Citibank S.A. e Citibanamex).


📺 Além disso, o Mercado Livre segue apostando em novas avenidas de geração de receita, concentrando tudo em um só lugar. Em agosto, a companhia anunciou o Mercado Play (acesso à plataformas de streaming, Disney+, Star+, HBO Max e Paramount) e a marca Meli+ substituiu o Nível 6 do Mercado Pontos, com novos benefícios e preços para seus assinantes.


➡️ Big numbers do Mercado Livre, 4T23

  • Quantidade de usuários: 144,7 milhões (+50% A/A)

  • GMV (e-commerce): US$ 13,5 bi (+40% A/A) | TPV (fintech): US$ 56,5 bi (+57% A/A)

  • Receita total: US$ 4,2 bi (+42% A/A) | Lucro líquido: US$ 165 mi


Os números da gigante argentina ficaram aquém do consenso no 4T23 e as ações MELI caíram 9,3% em Wall Street no after market, pressionados por despesas não recorrentes. O lucro manteve-se estável, como efeito de maiores vendas contrabalanceadas por impactos fiscais negativos no período. Em nota, o Mercado Livre afirmou que esse efeito negativo foi pontual e não deve pressionar os próximos resultados.



💰 Como o Mercado Livre faz dinheiro


A geração de receita do Mercado Livre é dividida em duas verticais: e-commerce (Mercado Livre) e fintech (Mercado Pago). A evolução dessas duas verticais pode ser acompanhada a partir de duas métricas operacionais: GMV e TPV, respectivamente.

Em relação ao GMV (Gross Merchandise Volume, ou Volume Bruto de Mercadorias em tradução livre), que considera o valor de todas transações realizadas no marketplace (exceto classificados), totalizou US$ 13,5 bilhões no 4T23 (+40% A/A). Vale lembrar que o GMV é uma das principais métricas de desempenho do varejo.


O volume total de pagamentos (TPV) do Mercado Pago totalizou US$ 56,5 bilhões no 4T23 (+40% A/A). O número é impressionante, mostrando que a fintech segue com um crescimento sólido apesar do cenário macro adverso dos últimos trimestres.


A carteira de crédito totalizou US$ 3,7 bilhões no 4T23 (+33% A/A). O destaque é o crédito para Pessoas Físicas (PFs), em torno de US$ 1,8 bilhão. Além da oferta de crédito para PFs e PJs, o Mercado Livre desenvolveu uma série de produtos nos últimos dois anos empréstimo digital, seguros, benefícios corporativos e, mais recentemente, sua própria criptomoeda.




📊 Receita, lucro e outras estatísticas do Mercado Livre


Apesar do cenário desafiador para o varejo, o gigante argentino bateu novo recorde de receita total no 4T23: US$ 4,2 bilhões (+42% A/A)! Esse resultado foi favorecido pelo aumento contínuo da base de usuários e crescimento das vendas no período.


Em relação ao resultado líquido, apesar da desaceleração do crescimento da base de clientes e das vendas, segue em trajetória de lucro. Contudo, devido a uma despesa relacionada a provisões no 4T23, o lucro foi pressionado e totalizou US$ 165 milhões.


📈 Ações do Mercado Livre (NASDAQ:MELI)


A evolução das ações do Mercado Livre nos últimos cinco anos é notável, com crescimento acumulado de 300%. Se olharmos em relação ao valor de estreia na Nasdaq, esse crescimento foi de 4.500%!


#ZoomOut: Analistas seguem otimistas com o Mercado Livre. Para eles, o a companhia continua na vanguarda do e-commerce e bem posicionado para sustentar seu crescimento futuro, apoiado na diluição de custos e expansão da fintech.



📄 Referências


Posts recentes

Ver tudo

コメント


news.png
Receba a principal curadoria do ecossistema de inovação

Newsletter semanal e carta de análise mensal, no seu e-mail, com tudo o que você precisa saber!

bottom of page