top of page

News #173 | Traive capta R$ 100 milhões + Uber apresenta lucro inédito no 4T23

Alguém encaminhou a #SnaqNews pra você? Se inscreva e se junte aos +30 mil leitores!




📈 Capital fechado | Cielo anuncia proposta para sair da B3. Em meio à queda de market share e desafios no segmento de adquirência, os acionistas controladores da empresa propuseram uma OPA de todas as ações ordinárias. Bradesco e o Banco do Brasil, que juntos detêm 60% da Cielo. Além dos ganhos de eficiência e da redução de custos, a operação permite que o Bradesco integre a negócio de adquirência — movimento visto no Itaú (Rede) e Santander (GetNet). 


📲 "Nova" maquininha | Visa fecha parceria com Ingresse e Symbiotic e lança Ingresse Tap. A novidade transforma smartphones em maquininha de cartão, tornando o processo de pagamentos online mais simples e ágil. Com o Ingresse Tap, o consumidor pode fazer compras de forma instantânea, apenas encostando o cartão no smartphone — em vez de digitar todos os dados do cartão ou ir até uma loja física para passar o cartão na maquininha.


🏆 Campeã de patentes | Petrobras e universidades lideram ranking de inovação no Brasil. Com 125 pedidos de patentes em 2023, a Petrobras liderou o ranking pelo 2º ano consecutivo, sendo a única empresa nacional no Top 10 da lista. No total, a petrolífera soma 1.200 patentes ativas no país e no exterior, com destaque para projetos de descarbonização e redução de emissões. De acordo com seu Plano Estratégico, R$ 18 bilhões serão aportados em P&DI entre 2024 e 2028.



🌱 Inteligência agro | Traive capta US$ 20 milhões (R$ 100 milhões). Fundada em 2017, a agfintech oferece soluções de IA e inteligência de risco de crédito para o agronegócio. O aporte foi realizado via Fundo BB Impacto ASG I, gerido pela Vox Capital. Com o aporte, o Banco do Brasil se junta a um captable que reúne BASF VC, SP Ventures e Astella. Em rodadas anteriores, a Traive contou com Minerva, Syngenta, Serasa Experian e CSN.


🏭 Indústria 4.0 | Cogtive capta R$ 10 milhões. Fundada em 2016, a startup potencializa a produtividade das indústrias através de aplicações de IA e IoT (Internet of Things). A rodada Seed foi liderada pela Indicator Capital, gestora especializada neste segmento. O valor captado será direcionado para i) diversificar seu portfólio de clientes, que está concentrado no ramo farmacêutico; e ii) internacionalização das operações.


♻️ Gestão de resíduos | Vertown capta R$ 7 milhões. Fundada em 2017, a startup oferece soluções de gestão de resíduos para 2.000 empresas de diversos setores — entre elas, está a gigante do segmento alimentício BRF. A rodada foi liderada pelo CVC da ArcelorMittal e Irani Ventures. Em 2023, a Vertown atingiu a marca de 6 milhões de toneladas de resíduos processados na plataforma — 2% do volume de resíduos gerados por ano no Brasil. 


➡️ Outras rodadas em destaque na semana:

  • FUNSES1 investe R$ 2,7 mi nas startups Multifidelidade, naPorta, Conecta e Frota 162

  • Plano (fintech B2B2C) capta R$ 2,2 milhões

  • Lovin’ Wine (foodtech) capta R$ 1 milhão via equity crowfunding



🔐 Soluções de seguros | Itaú adquire 80% da Avita. Fundada em 2019, a insurtech criou uma plataforma de emissão automática, controle e gestão de seguro garantia e fiança locatícia para 450 clientes — inclui o próprio Itaú, Votorantim e Eletrobras. A insurtech tem uma carteira de R$ 60 bilhões em seguros-garantia e já emitiu R$ 400 milhões em prêmios.


💵 Gestão de apólices | Dimensa anuncia aquisição da Quiver por R$ 115 milhões. Com a aquisição, a joint venture entre Totvs e B3 poderá ampliar a oferta de produtos e serviços B2B, focado no setor financeiro e de fintechs. Fundada em 1992, a Quiver atende seguradoras, corretoras e bancos para vendas e gestão de apólices, processando 36% dos prêmios produzidos pelos corretores de seguros no país.


🎯 Foco no varejo | Banco Safra adquire Guide Investimentos. Controlada pela Fosun, a Guide Investimentos tem R$ 20 bilhões de ativos sob custódia e atua com assessoria de investimento (segmento liderado por XP e BTG Pactual), wealth, corretora e asset management. A aquisição é sua maior movimentação no segmento de investimentos de PFs. O banco tentou acelerar essa aproximação com o varejo via Safra Invest e banco digital AgZero, que foi encerrado.


🏦 Corretora digital | Webull anuncia aquisição da Picchioni para entrar no Brasil. Com sete anos de experiência como corretora digital, a Webull oferece uma plataforma de informações sobre o mercado financeiro (presente em 180 países) e home broker (12 países). Se a operação for aprovada, competirá com gigantes como BTG e XP. O unicórnio americano já tem 20 mil usuários no Brasil (plataforma) e tem como público-alvo jovens que estão começando a investir.


Consultoria completa | Deal Technologies adquire O2B. Com a aquisição da empresa de soluções Cloud e DevOps, a Deal ampliará o escopo no negócio de consultoria especializada em tecnologia. O portfólio de clientes da Deal Technologies inclui grandes nomes, como B3, banco BV, Nubank, Banco Pan, HSBC, C6 e Porto Seguro.



🤖 Novidade do Google | Bard agora é Gemini. O chatbot de IA generativa do Google foi renomeado e lançado para os sistemas Android e iOS. A big tech também anunciou a versão paga, o Gemini Ultra 1.0 (US$ 20 por mês), que traz recursos mais sofisticados de texto, raciocínio lógico e programação, por exemplo. A novidade foi anunciada um dia depois das atualizações da ferramenta de IA concorrente Copilot (antigo Bing), da Microsoft.


🔐 Contra fraudes | Mastercard lança IA que pode aumentar detecção de fraudes em até 300%. Denominada de Decision Intelligence Pro, a IA generativa é capaz de detectar e erradicar transações bancárias fraudulentas, auxiliando os bancos clientes em tempo real. A ferramenta foi treinada com dados de 125 bilhões de transações por ano processadas pela Mastercard. Nos últimos cinco anos, a Mastercard investiu US$ 7 bilhões em cibersegurança e IA.


📰 IA jornalística | The New York Times recruta talentos para explorar aplicações de IA generativa. A iniciativa visa auxiliar na rotina de trabalho até na elaboração de conteúdos escritos por jornalistas. Não foi informado se os modelos de IA utilizados serão próprios ou feitos em parceria. Vale lembrar que o NYT foi uma das primeiras empresas a impedir o uso de conteúdo próprios para treinar modelos e entrou com uma ação judicial contra a OpenAI e a Microsoft.



🎶 Música em alta | Spotify supera expectativas e ações saltam 8%. Apesar dos efeitos negativos relacionados a indenizações e encargos de imóveis, a gigante do streaming de música conseguiu reduzir os prejuízos no 4T23. Além do novo recorde de usuários ativos (602 milhões, +23% A/A), o bom resultado do Spotify foi impulsionado pela mudança estratégica na vertical de podcasts e do aumento de preço das assinaturas.

  • Receita Anúncios: US$ 65,5 bi vs. (+11% A/A) vs. US$ 65,8 bi (expectativa)

  • Receita (total): US$ 86,3 bi (+13% A/A) | Lucro: US$ 20,6 bi (+52% A/A)


🚗 Lucro inédito | Uber bate recorde e registra 1º lucro desde o IPO. Depois do IPO em 2019, a companhia enfrentou uma série de desafios para rentabilizar suas operações. O ponto de inflexão superou expectativas dos investidores, com destaque para a Uber Eats e receitas geradas por anúncios no aplicativo.

  • Usuários ativos (MAPC): 150 milhões (+15% A/A) | Nº viagens: 2,6 bilhões (+24% A/A)

  • Receita: US$ 9,9 bi (+15% A/A) | Lucro: US$ 652 mi (vs. prejuízo US$ 142 mi no 4T22)


🏰 Surpresa positiva | Disney supera expectativas e ações saltam 7% em Wall Street. Além dos efeitos positivos das mudanças estratégicas, redução de perdas e do aumento das receitas com assinaturas, a companhia anunciou sua maior aposta em games: investiu US$ 1,5 bilhão por uma participação na Epic Games. Com a operação, a Disney visa criar acrescentar seus personagens no Fortnite, um dos jogos mais populares do mundo, com 100 milhões de usuários.

  • Assinantes pagos (Disney+): 150 milhões (-1% A/A)

  • Receita: US$ 23,5 bi (+1% A/A) | Lucro: US$ 1,9 bi (+49% A/A)



😎 Dispositivo futurista | Apple Vision Pro é lançado nos Estados Unidos. Depois de seis anos de desenvolvimento, o dispositivo de realidade mista da big tech foi lançado no início do mês. A novidade já tem 600 aplicativos, que integram recursos de áudio e vídeo espaciais, que proporcionam uma nova experiência imersiva em reuniões de trabalho, filmes e jogos.

  • O Apple Vision Pro está sendo vendida a partir de US$ 3.499 (R$ 17 mil). Estima-se que 200 mil unidades já foram vendidas desde o lançamento e que o custo de produção (só materiais) é de US$ 1.590.


➡️ Retorno de Neumann | Adam Neumann prepara proposta de aquisição da WeWork. Em 2019, o fundador e ex-CEO foi demitido em meio a problemas no processo de IPO e de governança corporativa na empresa de coworking. Com o apoio da Third Point, a proposta de Neumann é salvar a WeWork da falência. O valor não foi divulgado. Em novembro, a WeWork entrou com pedido de recuperação judicial, reportando US$ 19 bilhões em dívidas. Outros executivos que foram demitidos de suas próprias empresas incluem Steve Jobs (Apple) e Jack Dorsey (Twitter).


Efeito deepfake | Reunião com deepfake gera prejuízo de US$ 29 milhões. Criminosos simularam uma chamada de vídeo com imagens falsas do diretor financeiro e de funcionários de uma empresa. Nela, um funcionário foi convencido a fazer 15 transferências bancárias. Em janeiro, o departamento financeiro da empresa recebeu uma suposta mensagem de phishing. A polícia de Hong Kong segue investigando o caso e o nome da empresa não foi divulgado.



留言


news.png
Receba a principal curadoria do ecossistema de inovação

Newsletter semanal e carta de análise mensal, no seu e-mail, com tudo o que você precisa saber!

bottom of page