Receita do iPhone supera gigantes da tecnologia


Sim, mais da metade do faturamento da companhia mais valiosa da atualidade vem da venda de iPhones.


A receita do Google no 2T22 ficou na casa dos US$69,7 bilhões, seguido pela Microsoft com US$ 51,9 milhões. Para se ter ideia, a receita de gigantes da tecnologia como Meta, Tesla e NVIDIA não batem os números do celular mais famoso da mundo.


Tim Cook, CEO da Apple, disse que a companhia segue com esforços contínuos para inovar, avançar em novas possibilidades e enriquecer a vida de seus clientes. E não para por aí, a versão 14 do iPhone está para ser lançada no dia 07 de setembro de 2022 e promete trazer ainda mais dinheiro para os cofres da bigtech.