top of page

News #136 | Nova CEO do Twitter + Superapps no radar

Alguém encaminhou a #SnaqNews pra você? Se inscreva e se junte aos 25 mil leitores!

Vem começar a semana bem informado e inspirado na frase do CEO do Google:


"For me, it matters that we drive technology as an equalizing force, as an enabler for everyone around the world." — Sundar Pichai


🎯 Expansão estratégica | Liquido anuncia plano de expansão na América Latina. Desde 2021, a fintech chinesa conquistou mais de 30 clientes globais e transacionou US$ 300 milhões na região. Seu objetivo é conquistar mais clientes para sua solução de pagamento digital, concorrente direta da Ebanx e da DLocal. Seu trunfo é a integração dessa solução ao WhatsApp via API.


🔐 Ataque hacker | Grupo Fleury é alvo de ataque cibernético e paralisa serviços da rede de laboratórios — é o 2º ataque em menos de dois anos. Em junho de 2021, mais de 450 GB de dados do Fleury foram sequestrados, incluindo transações bancárias, laudos médicos e informações dos usuários.


💰 Contrato renovado | Magazine Luiza renova por mais 10 anos acordo com BNP Paribas Cardif. Em 2002, o Magalu fechou uma parceria com o grupo francês para oferecer seguros, que está sendo renovada pela 3ª vez. A iniciativa deve acrescentar mais de R$ 1 bilhão ao caixa da varejista e fortalecer sua vertical financeira e negócios digitais.

  • Em 2022, o Luizaseg emitiu 4 milhões de apólices e pagou cerca de R$ 100 milhões em sinistros, que inclui garantia estendida de produtos, seguro para roubos e residencial. A parceira ampliará sua experiência digitalizada além do varejo — inclusive games e saúde.


👀 Exits no radar | Bossanova Investimentos anuncia temporada de desinvestimentos (exits) de seu portfólio. Antônio Patrus, diretor da Bossanova, destacou que o setor de VC se mostra resiliente e responsivo ao cenário macroeconômico, e que este é um bom momento de barganha para investidores.

  • A Bossanova tem um portfólio com mais de 1,5 mil startups. Nos últimos dois meses, realizou 7 exits e quer chegar a pelo menos 45 negócios até o fim de 2023. Na outra ponta, a gestora segue acrescentando novas startups a sua carteira — em média, oito startups são investidas por mês.


💳 Benefícios em pauta | Sólides entra no segmento de benefícios corporativos. A companhia de soluções para RH deve aproveitar sua base de 25 mil empresas atendidas para entrar em um mercado em rápida expansão no Brasil via oferta de cartões. Com isso, competirá no mesmo mercado de gigantes como Alelo, Ticket e Sodexo, mas também de startups como Caju e Flash.

 


Em parceria com a BRQ, a Snaq publicou um novo report sobre o cenário de digitalização do varejo no Brasil em 2023. O que você vai ver nesse report:

  • Principais números do varejo e do consumo mobile

  • Desafios do "phygital"

  • Maturidade de digitalização e benchmarks no Brasil, como Ambev e GPA

  • Aplicações de IA generativa no varejo em 2023 e outras tendências

 

🎶 Mídia + finanças | Noodle recebe aporte de R$ 18 milhões. A startup oferece soluções financeiras para gravadoras, distribuidoras, artistas independentes e empresários da indústria criativa. O aporte foi liderado pela SRM Ventures e contou com a participação da Honey Island Capital, braço de investimentos da Ebanx.


🏠 Casas inteligentes | Houseasy capta R$ 6 milhões. Fundada em 2019, a startup oferece soluções acessíveis de casa inteligente, conectando aparelhos como TV, lâmpadas e ar-condicionado à internet. Com o valor, quer expandir suas operações, a fim de atender mais de 30 mil casas brasileiras até 2024.


🚛 Entregas mais precisas | MeuChapa capta R$ 6 milhões. Fundada em 2019, a logtech criou uma aplicativo que conecta atividades de carga e descarga em uma base verificada, em que as partes se encontram no local certo e na hora certa para a execução da tarefa. A rodada foi liderada pela GVAngels, formado por ex-alunos da FGV.


💰 Preços melhores | Covalenty capta R$ 5,5 milhões. A startup criou uma plataforma que conecta pequenas e médias varejistas do setor farmacêutico a distribuidoras e fabricantes, que permite comparar preços de diversos fornecedores na hora de fechar pedidos. Com apenas quatro meses de operação, a startup já alcançou 50 clientes.

 

🤑 Investimentos acessíveis | Mercado Pago e Órama fecham parceria. A iniciativa traz três fundos de investimentos a partir de R$ 1, a fim de ampliar seu marketplace com soluções acessíveis e promover a democratização do acesso aos investimentos. Cerca de um terço dos brasileiros investe em produtos financeiros, e a apenas 2% investe em ações, segundo a Anbima.


📚 Educação tech | FTD Educação anuncia aquisição Pontue. A edtech usa inteligência artificial para corrigir redações e deve ampliar o portfólio de ferramentas inovadoras da FTD. Ao todo, cinco empresas já foram adquiridas ou se tornaram parceiras da editora — entre elas, estão a Zoom Education for Life e o Instituto Ayrton Senna.

  • Com mais de um século de atuação no segmento de materiais didáticos e literatura, a FTD quer se tornar uma empresa de educação tecnológica de referência. Entre 2020 e 2022, o número de edtechs no país cresceu 40%, segundo a Deloitte e a ABStartups.


🛍️ Parceria internacional | RD Station fecha parceria com Shopify. A empresa de marketing da Totvs será revendedora e criará uma rede de parceirias especializadas na implementação e otimização das soluções da Shopify. Em nota, a Totvs afirmou que a iniciativa visa a construção de um portfólio completo, que permitirá liderar o e-commerce para as PMEs brasileiras.

  • A Shopify atua em 170 países, sendo responsável por 10% do mercado digital dos Estados Unidos, com uma receita de US$ 5,6 bilhões em 2022. A parceria deve fortalecer sua presença no Brasil.


🚛 Superapp logístico | NSTech adquire Trizy. Com a aquisição parcial de 80% da Trizy, a NSTech visa a criação de um superapp de soluções logísticas, que inclui gestão de cargas e suporte a caminhoneiros. A NSTech atua em mais de dez países e conta com mais de 60 mil empresas no portfólio — que inclui gigantes como Dell, Unilever e Fedex, até PMEs.

 

🏠 Temporada de férias | Airbnb divulga resultados acima do esperado. Porém, projeções indicam que a demanda por viagens de verão deve ser reduzida em função da redução do poder de compra dos consumidores, impactando os resultados da companhia no próximo trimestre. Como efeito, as ações ABNB caíram 12% após a divulgação.

  • Receita: US$ 1,8 bi (+20% YoY) | Lucro: US$ 117 mi (vs. prejuízo US$ 19 mi 1T'22)


🏰 Mudança estratégica | Disney traz resultados abaixo do esperado e anuncia planos de mudança estratégica na área de conteúdos. Entre os destaques, estão as demissões em massa, a redução do déficit no negócio de streaming — via aumento do preço de assinaturas — e a perda de 4 milhões de assinantes, associada à perda de direitos de transmissão de jogos na Índia.

  • Número de assinantes (Disney+): 157,8 milhões (-2,5% vs. 4T'22)

  • Receita: US$ 21,8 bi (+13% YoY) | Lucro: US$ 1,3 bi (+127% YoY)


🤖 IA no radar | SoftBank divulga prejuízo recorde no fundo Vision I totalizou US$ 32 bilhões. Por outro lado, o prejuízo consolidado da gestora japonesa caiu pela metade no período. Com isso, Masayoshi Son, CEO do SoftBank, deu sinais de que a gestora já está preparada para retomar seus investimentos, especialmente no setor de IA generativa.

  • Prejuízo consolidado: US$ 7,2 bilhões (vs. US$ 12 bilhões 1T’22)


🏦 Novos clientes | Inter divulga resultados do primeiro trimestre acima do consenso e reversão de prejuízo, com lucro de R$ 24 milhões. Entre os destaques positivos, está o forte crescimento do número de usuários na comparação anual. Em paralelo à divulgação, o Inter também anunciou o desligamento de 150 colaboradores.

  • Número de clientes: 26,3 mi (+44% YoY) | ROE: 1,4% (+2,7 p.p.)

  • Receita: R$ 1,8 bi (+40% YoY) | Lucro: R$ 24,8 mi (vs. prejuízo R$ 28,8 mi 1T’22)

 

🐦 Nova CEO | Elon Musk anuncia nova CEO do Twitter e que ele passará a atuar como CTO. Linda Yaccarino era chefe de publicidade global e parcerias da NBCUniversal, conglomerado de mídia americano. Com a aquisição do Twitter, Musk quer usar a rede social como ponto de partida para criar o "X", superapp semelhante ao WeChat.


📲 Menos vendas | Venda global de smartphones cai 13% no 1T'23, segundo dados da Canalys. Quase 270 milhões de smartphones foram vendidos, queda de 13% na comparação anual. Esse resultado está associado à redução do poder de compra dos consumidores no período, associados a fatores macroeconômicos.


Confira a quantidade de smartphones vendidos no 1T'23 pelas maiores fabricantes de smartphones do mundo e seu market share:

  • Samsung: 60 milhões (-18% YoY) | Market share: 22%

  • Apple: 58 milhões (+3% YoY) | Market share: 21%

  • Xiaomi: 30 milhões (-22% YoY) | Market share: 11%


🛍️ Sem entregas | Amazon oferece desconto de US$ 10 para retirar compras nas lojas, em vez de entregá-las. A iniciativa visa reduzir os custos das entregas, que dispararam recentemente nos Estados Unidos. Assinantes selecionados do Amazon Prime receberam e-mail para ganhar um desconto ao retirar pedidos nas lojas físicas Amazon Fresh, Whole Foods ou Kohl's.


🍎 Big numbers | Poupança da Apple acumula US$ 1 bilhão e 240 mil contas abertas em apenas quatro dias. A novidade foi lançada para clientes do Apple Card no dia 18 de abril. Feita em parceria com o GS, a conta poupança traz rendimento anual de 4,15% ao ano — 10x maior que a média dos Estados Unidos — e não tem taxas, depósito mínimo ou requisitos de saldo.


Commentaires


news.png
Receba a principal curadoria do ecossistema de inovação

Newsletter semanal e carta de análise mensal, no seu e-mail, com tudo o que você precisa saber!

bottom of page