A jornada de Marcelo Fujimoto, co-founder e CEO da Mandaê

"Eu achava que eu sabia de tudo com meu background na JP Morgan e em private equity, eu achava que eu podia fazer qualquer coisa e que eu já sabia fazer tudo, e percebi rapidamente que não era o caso. Eu percebi que na verdade eu não sabia de nada, eu não estava preparado."

SHARE

Quando Marcelo veio passar férias no Brasil, ele se ocupou com um trabalho em uma comunidade carente. A experiência que era para durar alguns dias, durou 18 meses e assim ele foi ficando por aqui. Depois de um e-commerce malsucedido, o empreendedor criou uma startup para solucionar os problemas de logística que ele vivenciou tentando gerir sua loja online. Hoje como, co-founder e CEO da Mandaê, Marcelo sonha em criar eficiência e produtividade na logística brasileira e tenta manter a sanidade no dia a dia caótico e as vezes deprimente de um empreendedor. Uma historia inspiradora de um americano determinado, descendente de japonês, que se tornou um empreendedor brasileiro.

A Mandaê faz parte da seleção de 51 Boas Ideias 2019.