Startup do ano, plano ambicioso e novidades cripto


Confira as últimas notícias que movimentaram o universo de inovação em um só lugar!



É do Brasil!


🟣 Tchau, B3! | Nove meses depois do IPO, o “roxinho” anunciou que não estará mais listado no Brasil. Segundo o Nubank, o objetivo é “maximizar a eficiência e minimizar as redundâncias” de estar listada em mais de uma jurisdição.


🔵 Fintech Magalu | Magazine Luiza recebeu autorização do Bacen para oferecer a iniciação de transação de pagamentos via Pix no âmbito do Open Finance. A novidade será lançada como piloto no Kabum!, e-commerce de tecnologia e games do ecossistema Magalu.


O que deu errado? | TT Investimentos pode ter que fechar suas portas. Após uma operação “arriscada” com derivativos americanos, envolvendo a empresa Clarus, a gestora gerou um prejuízo milionário. O caso ganhou atenção porque seus fundadores são sobrinho do ex-presidente do Banco Central, Arminio Fraga, que também é o maior cotista do fundo.


🌍 Malas prontas! | EBANX anunciou a expansão de suas operações para além-mar: o continente africano. A iniciativa mira a expansão global a partir da região que, segundo a fintech, deve ser a próxima grande fronteira de crescimento para pagamentos digitais.


✊🏿 Representatividade importa | Sebrae for Startups lançou duas iniciativas direcionadas para a comunidade negra empreendedora: Black Start e Black Factory Fellowship. Os projetos atenderão mais de 50 startups fundadas por pessoas autodeclaradas negras e será gratuito.


Você também pode se interessar:

➡️ Kamino lança conta digital para ser ‘hub financeiro’ para startups

➡️ Em uma semana, Nubank pula de 500 mil para 2,25 mi de caixinhas

➡️ TruePay, fintech de crédito, agora é Tino e quer se aproximar do pequeno varejo

➡️ Alice é eleita a melhor startup do Brasil pela EXAME

➡️ Paketá cria holding e divide unidades de negócio para crescer

➡️ Mercado Livre e Amazon lideram a corrida dos supermercados online


 

Semana de aportes milionários


🤓 Sem burocracia | BHub anunciou uma extensão de aporte da Série A no valor de R$ 40 milhões, totalizando R$ 156 milhões. Com o valor, a startup deve expandir o “backoffice as a service” para outras empresas. Entre os serviços oferecidos, estão gestão de contas a pagar e receber, contabilidade e jurídico.


👀 Plano ambicioso | Gen-t levantou R$ 10 milhões. Fundada em 2021 pela geneticista Lygia da Veiga Pereira, da USP, a biotech quer montar o maior banco genético com foco na diversidade da população brasileira. Em cinco anos, o objetivo é acompanhar a saúde de até 200 mil pessoas.


💰 Agro + fintech | Bart Digital captou R$ 5 milhões em uma rodada "bridge" com investidores como E3 Negócios e Bossanova Investimentos. Com o valor, a agfintech (agro + fintech) mira a criação de um ecossistema e o lançamento de novas verticais para ampliar o financiamento agrícola.


Veja também:

➡️ Após aporte de R$ 12 mi, Salú traz Sergio Cagno como diretor médico

➡️ Após crescimento acelerado, sextech pantynova prepara sua 1ª captação

➡️ BLZ Recicla investe US$ 10 milhões para vender garrafa reciclada nos EUA


 

Temos M&A também!


🎯 Novo foco | Ebanx vendeu a carteira de clientes da Juno para a fintech iugu. Com a aquisição, a iugu diz aumentar sua receita em 50% e reforça sua estratégia de crescimento. O EBANX passou por uma reestruturação este ano, a fim de se concentrar em seu negócio principal: os pagamentos internacionais.


🌱 Agenda ESG | Stella Energia foi adquirida pela Ultragaz por R$ 63 milhões. A iniciativa visa ampliar a oferta energética de fontes renováveis da companhia e reforçar seu posicionamento como referência em soluções de energia no país. Aliás, você sabia que US$ 1 a cada US$ 3 investidos no mundo em 2021 foram destinados a fundos ESG? Para saber mais, confira nosso report sobre o tema! Go deeper.


Veja também:

➡️ Raia Drogasil compra startup de tecnologia eLoopz

➡️ Gympass desperta para o bilionário mercado do sono e traz a gigante sueca Sleep Cycle

 

Giro pelo mundo


💵 Apple vs. Visa | Apple Pay ultrapassa Mastercard em valor de transações pela primeira vez. O sistema de pagamento da big tech é o segundo maior do mundo em valor transacionado, em torno de US$ 6 trilhões ao ano, atrás apenas da Visa (US$ 10 trilhões).


😎 Além do Photoshop | Adobe anunciou a aquisição da Figma por US$ 20 bilhões. A empresa de software de design foi avaliada em US$ 10 bilhões em 2021. Com uma receita recorrente de US$ 400 milhões, o M&A saiu com um múltiplo impressionante de 50x! Shantanu Narayen, CEO da Adobe, disse que a iniciativa acelerará sua posição em ferramentas de design colaborativo.


🪙 Ethereum 2.0 | “The Merge”, atualização da rede blockchain Ethereum, ocorreu na madrugada do dia 15. Vitalik Buterin disse que a mudança foi um sucesso e que este foi o primeiro passo para um sistema mais maduro. Porém, a criptomoeda ETH experimentou uma queda em torno de 5% após o evento. Mas você sabe como uma rede blockchain funciona? Confira nosso review exclusivo sobre o tema! Go deeper.


👋 Adeus, Rússia! | Google iniciou o processo de falência de sua subsidiária russa após o aceite do Tribunal de Moscou. Durante o processo, a big tech ficará sob supervisão do Estado e serviços gratuitos, como pesquisa e YouTube, continuam em operação.


🔴 Flopou? | Relatórios internos do grupo Meta (Facebook) apontam que a função Reels tem baixo engajamento no Instagram. Os usuários gastam menos de um décimo do tempo na rede social de Zuckerberg. A criação e edição de vídeos curtos foi lançada na rede social em 2020, na tentativa de ultrapassar seu rival, o TikTok.

Veja também:

➡️ Em meio a prejuízo recorde, Softbank considera lançar o terceiro Vision Fund

➡️ Fundador da Patagonia vai “all in” na filantropia

➡️ Alphabet aposta em transmissão de dados em alta velocidade com laser

➡️ Biden aprova US$900 mi para financiamento de pontos de recarga de veículos elétricos

➡️ A saga de altos e baixos – e acusações de fraude – da Nikola chega aos tribunais