top of page

News #150 | dr.consulta fecha rodada de R$ 125 milhões + Aquisições da semana

Alguém encaminhou a #SnaqNews pra você? Se inscreva e se junte aos 25 mil leitores!

Pega o café e vem começar a semana com a melhor curadoria de inovação!

 

🦄 Unicórnio de pagamentos | DLocal avalia potencial venda. Fundado em 2016, o unicórnio uruguaio provedor de pagamentos para empresas de mercados emergentes está avaliando opções para captar recursos, e uma dessas opções é vendê-la, segundo fontes não oficiais.

  • A DLocal fornece serviços de pagamento cross-border em 40 países, e tem forte presença no Brasil. Em 2021, a empresa fez IPO na Nasdaq e está avaliada em US$ 4 bilhões. Após a notícia, as ações DLO registraram alta de 7%.


🟡 Novidade da gigante | Mercado Livre lança Meli+ e Mercado Play no Brasil. A marca Meli+ substituirá o Nível 6 do Mercado Pontos, com novos benefícios e preços. O Mercado Play é uma plataforma de streaming gratuita, que oferece um catálogo de 1.600 de filmes, séries e documentários. O acesso está sendo disponibilizado gradualmente para seus usuários.


🤑 Pix no WhatsApp | Blip e Efí Bank fecham parceria para habilitar a iniciação de pagamento (ITP) usando o Pix, no âmbito do Open Finance, integrado ao WhatsApp. Isso tornará a jornada de pagamentos mais rápida e simples, impulsionando conversão e vendas para clientes. Hoje, 50% dos bancos oferecem o WhatsApp como canal para transações — 37% delas são Pix.


💡 Hub de inovação | banco BV reúne iniciativas de inovação no BVx. Nos últimos 6 anos, o banco BV tem liderado a criação de novos produtos e serviços, investimentos e eventos focados no ecossistema de inovação. A nova marca visa consolidar essas iniciativas já realizadas e que estão por vir.

 

Em parceria com o banco BV, exploramos as principais mudanças relativas ao dinheiro com a digitalização da economia e os possíveis impactos das tecnologias emergentes, que já desenham como será o dinheiro do futuro.


O que você vai ver?

  • A evolução do dinheiro e o impacto da digitalização da economia

  • Avanço dos CBDCs no mundo e Real Digital

  • Criptomoedas privadas, stablecoins e NFTs

  • Tokenização de ativos, finanças descentralizadas e Web3

➡️ Acesse gratuitamente aqui!

 

🩺 Gestora de saúde | dr.consulta fecha rodada de R$ 125 milhões. Fundada em 2011, a healthtech oferece uma plataforma de gestão de saúde e já atendeu 3 milhões de pessoas na região metropolitana de São Paulo. O aporte teve participação do BID Invest, JICA e Kamaroopin.

  • O ecossistema do dr.consulta conta uma com rede assistencial completa de atenção primária e secundária, com prontuário eletrônico, protocolos criados pelo próprio corpo clínico e baseados em padrões internacionais, inteligência de dados e uso de IA.


🪪 Seguros como serviço | fitinsur capta rodada série A. Fundada em 2019, a insurtech oferece “seguros as a service” para 85 seguradoras, corretoras e instituições financeiras a nível global. A iniciativa visa auxiliar empresas tradicionais no processo de digitalização e desenvolvimento de novos produções. O valor do aporte não foi divulgado.


🍔 Soluções para restaurantes | Linked Gourmet capta R$ 5 milhões. Fundada em 2016, a startup automatiza a gestão de restaurantes e conta com 1.000 clientes em todo o Brasil. Entre as soluções oferecidas, estão gestão de estoques, emissão de NFs e integração com aplicativos de delivery. A rodada foi liderada pela Entre Investimentos, que detém 20% do negócio.

 

🎯 Captura de sinergias | Enjoei finaliza aquisição da Elo7 por R$ 26 mlhões. A aquisição do marketplace especializado em itens de artesanato e produtos personalizados foi anunciada em julho. Com a iniciativa, a Enjoei ampliará seu portfólio de clientes, otimiza custos e pode dobrar seu faturamento anual. A Enjoei também anunciou a demissão de 25% do quadro de colaboradores da Elo7.


📊 Automação fiscal | Jettax é adquirida pela Vela Software. Fundada em 2017, a startup oferece um software de automação fiscal. A Jettax conta com 300 mil empresas vinculadas a escritórios no país. É a 2ª empresa brasileira de software para contabilidade adquirida pela canadense Vela Software, que visa fortalecer sua posição no mercado de contabilidade latino-americano.


🎲 Inteligência de dados | Matera adquire Cinnecta. A aquisição da empresa de inteligência de dados visa a geração de insights melhores, a fim de fidelizar usuários e expandir receitas da Matera. O valor da operação não foi divulgado.


🩺 Saúde em pauta | Axenya adquire HealthAPI. A aquisição da plataforma de interoperabilidade de dados em saúde visa tornar as operações da Axenya mais eficientes, reduzindo o tempo e os recursos necessários para análise de informações laboratoriais com inteligência artificial. O valor da operação não foi divulgado.


🧑‍⚕️ Mudanças estratégicas | Pipo Saúde e Piwi fecham parceria. A iniciativa faz parte de uma mudança estratégica, que visa a especialização de cada uma delas em um público-alvo. A parceria prevê o redirecionamento de clientes entre as duas corretoras de saúde: i) PMEs para a Piwi; e ii) empresas de grande porte para a Pipo Saúde.

  • Os contratos com PMEs representavam 40% dos contratos da Pipo, mas apenas 6% do volume de vidas atendidas. Por conta disso, decidiu redirecionar sua carteira de PMEs para a Piwi e anunciou uma demissão em massa de 22% do quadro de colaboradores.

 

🟢 Recepção mista | Stone reporta resultados sólidos, mas as ações caem 8% na Nasdaq. A fintech apresentou bons números no trimestre, com destaque para o segmento de PMEs. Porém, a implosão da Adyen — gigante de pagamentos europeia — e um erro no número de ações reportado pela companhia ofuscou os bons números.

  • Nº Clientes Ativos: 3,0 milhões (+42% A/A) | TPV: R$ 97 bilhões (+7% A/A)

  • Receita: R$ 3,0 bilhões (+28% A/A) | Lucro: R$ 322 milhões (+477% A/A)


🟣 Big numbers | Nubank supera estimativas do consenso. A fintech ultrapassou a marca de 83 milhões de clientes (Brasil, México e Colômbia) e apresentou um lucro recorde de R$ 1,1 bilhão no 2T23, revertendo o prejuízo registrado no mesmo período de 2022.

  • Nº clientes: 83,7 milhões (82% ativos) | Carteira de crédito: R$ 73,7 bi (+48% A/A)

  • Receita: R$ 9,3 bi (+60% A/A) | Lucro: R$ 1,1 bi (vs. prejuízo R$ 148 mi A/A)


🟠 Mais eficiência | Inter divulga resultados recordes no segundo trimestre. A expansão da carteira de crédito e a redução de custos levaram a resultados sólidos, com destaque para o lucro líquido recorde. Em relação à inadimplência, especialistas apontam para um ponto de inflexão, que foi bem recebido pelo consenso.

  • Nº clientes: 27,8 milhões (52% ativos) | Carteira de crédito: R$ 26,5 bi (+33% A/A)

  • Receita líquida: R$ 1,5 bi (+31% A/A)

 

🖥️ Guerra dos chips | Intel e Tower Semiconductor cancelam acordo de fusão. Anunciado em 2022, o acordo de aquisição da empresa israelense, no valor de US$ 5,4 bilhões, foi cancelado depois de não obter aprovação regulatória da China no prazo estabelecido entre as empresas.


👀 Vem crise aí? | Michael Burry aposta US$ 1,6 bilhão contra os principais índices da Bolsa americana. Relatórios trimestrais do 13F, enviados à SEC, apontam que Burry montou posições vendidas equivalentes a 93% do portfólio da sua gestora.

  • O valor foi dividido em duas opções de venda (puts): US$ 890 milhões do S&P 500 e US$ 740 milhões do QQQ.

  • Burry ficou conhecido pelo livro e filme “The Big Short”, por apostar contra o mercado imobiliário dos Estados Unidos antes da crise financeira de 2008.


🎮 Aposta em games | Netflix testa serviço de streaming de jogos eletrônicos. A novidade está em fase de testes no Canadá e no Reino Unido, e poderá ser usada em TVs, PCs e dispositivos conectados à Netflix. A aposta da Netflix em games teve início em 2021, quando passou a oferecer jogos mobile. Com 238 milhões de usuários, a iniciativa visa obter novos catalisadores de receita e competir com outros players do setor — inclusive o Xbox Game Pass (Microsoft).


🔴 Caso FTX | Sam Bankman-Fried é preso novamente. Por decisão da Justiça, foi revogada a fiança de R$ 250 milhões no caso que o investiga por fraude eletrônica, lavagem de dinheiro e transgressões financeiras bilionárias no caso da FTX. O motivo? SBF teria violado as condições de fiança e manipulado as testemunhas às vésperas do julgamento.

 

Commentaires


news.png
Receba a principal curadoria do ecossistema de inovação

Newsletter semanal e carta de análise mensal, no seu e-mail, com tudo o que você precisa saber!

bottom of page