top of page

News #138 | NVIDIA dispara na Nasdaq + Real Digital no radar

Alguém encaminhou a #SnaqNews pra você? Se inscreva e se junte aos 25 mil leitores!

Pega o café e vem começar a semana com a melhor curadoria de inovação!


"A inovação é o segredo do sucesso. Você não pode ter um negócio de sucesso se você está fazendo as mesmas coisas que os outros." — Bill Gates

 

🪙 Real Digital | Bacen divulga lista de 14 propostas selecionadas para o projeto piloto do Real Digital. A lista inclui grandes bancos (Itaú, Bradesco e Banco do Brasil), bancos digitais (Nubank e Inter), cooperativas de crédito e consórcios de empresas.


💰 Novo player | Revolut recebe licença do Bacen para criar SCD. Com a criação de uma sociedade de crédito direto (SCD), o banco britânico pode ofertar crédito no país. O anúncio veio poucas semanas depois estrear suas operações no Brasil e o capital inicial é de R$ 5 milhões.


💱 Contas internacionais | Remessa Online avança na vertical de “câmbio as a service”. A iniciativa visa expandir a vertical denominada de “processamento”, que inclui soluções de câmbio via API, para entrar na disputa das contas internacionais.

  • Em 2021, a Remessa Online fechou uma parceria com o Nubank para levar soluções de transferências internacionais. Nessa ocasião, a fintech viu uma oportunidade para ingressar no modelo B2B2C e oferecê-las para outros players do mercado também.

🔴 Sob recuperação judicial | Americanas estuda a venda da fintech Ame Digital. Em 2018, a Ame foi criada como carteira digital, a fim de atender o ecossistema da Americanas. Através de três aquisições, — fintechs Parati, Bit Capital e Nexoos—, a Ame se tornou uma plataforma financeira de soluções de crédito e banking.


🎵 Mercado bilionário | Hurst lança tokens de royalties de grandes nomes da música sertaneja. Fundada em 2017, a Hurst tokeniza royalties de diversos ativos reais, inclusive de músicas sertanejas, com mais de 3 bilhões de plays no YouTube. Hoje, a plataforma tem mais de R$ 1 bilhões originados e visa universalizar os investimentos alternativos.

  • O gênero sertanejo representa 80% das músicas mais tocadas de 2023 e tem uma fatia de 15% do valor total arrecadado pela indústria fonográfica brasileira, que somou US$ 2,5 bilhões no ano passado, segundo dados da Pro-Música.

 

🌱 Agenda ESG | Neoenergia fecha financiamento "verde" de R$800 milhões. A iniciativa foi liderada pela International Finance Corporation (IFC), braço de investimentos do Banco Mundial, vinculado a metas de ESG. É a 2ª operação em menos de um ano — em julho de 2022, a empresa recebeu um financiamento de R$ 550 milhões com IFC.

  • Em nota, a Neoenergia disse que isso reforça o acesso a linhas de crédito a custos e prazos competitivos e diversifica suas fontes de financiamento.

  • O contrato prevê metas de digitalização e diversificação do quadro de eletricistas da companhia até 2027 — caso atingidas, terá um step-down no spread da dívida.


Foco no cliente | Track.co recebe aporte de R$ 33 milhões. Com o valor, a startup visa expandir suas operações de gestão da experiência do cliente (CXM) no mercado brasileiro. Entre as soluções oferecidas, estão o monitoramento de indicadores de desempenho da jornada do cliente via canais digitais.

  • Em 2022, a Track.co adquiriu a empresa HFocus, especializada em CXM na área da saúde. A iniciativa expandiu seu portfólio para 130 milhões de pessoas monitoradas por ano. Entre seus clientes, estão Banco Inter, Allianz e Hospital Israelita Albert Einstein.


🌽 Agro é pop | Flor e Fruto capta R$ 2 milhões. Fundada em 2021, a agtech conecta pequenos produtores rurais a grandes players de varejo através de sua plataforma. A partir dos dados coletados, a plataforma faz um match entre a oferta dos produtores e o que cada estabelecimento procura. Isso conta com solução logística, fiscal e previsibilidade de volume.


🎁 Brindes personalizados | BeUni fecha rodada de R$ 1,7 milhões. Fundada em 2019, a startup criou uma plataforma de gestão, aquisição e envio de brindes e produtos personalizados. Hoje, a BeUni realiza entregas em mais de 130 países e entrega cerca de 2,5 mil pedidos por mês. Entre seus clientes, estão Cubo Itaú, Quinto Andar e Rede RaiaDrogasil.

 

🚗 Crédito Auto | PicPay fecha parceria com Creditas. Com a iniciativa, o PicPay entra no segmento de crédito com garantia de veículo para fortalecer seu portfólio com mais um produto para seus 30 milhões de usuários ativos na plataforma. Em relação à Creditas, fintech de crédito com garantia, fechou um acordo com o Nubank também para a ofertar desse produto.


✈️ Drones comerciais | Speedbird Aero fecha parceria com a Qualcomm. Com a parceira, os equipamentos da Speedbird Aero serão equipados com a Flight RB5 5G, plataforma desenvolvida pela Qualcomm. Entre os recursos oferecidos via plataforma, estão inteligência artificial, 5G e baixo consumo energético.

  • Em 2022, a Speedbird Aero foi a primeira empresa a obter aval da ANAC para fazer entregas comerciais com drones no Brasil.

  • Na semana passada, a empresa fechou outros dois acordos também: Thales (para desenvolver sistemas de gerenciamento de tráfego aéreo) e UAV Latam (para projetos de entrega em diversos países latino-americanos).


🔍 Aquisição sinérgica | Valid adquire Flexdoc. A operação visa fortalecer sua atuação no mercado de identidade digital, uma das três verticais de atuação da companhia. Em nota, a Flexdoc disse que conta com dois dos quatro maiores bancos do país como clientes, já realizou mais de 50 milhões de operações e tem mais de 500 milhões de documentos gerenciados.

 

🤖 Efeito IA | NVIDIA apresenta resultados referentes ao 1T’23 e ações disparam 25% no after market. Depois da crise do setor, que pressionou seus resultados, a companhia foi favorecida no período recente em função da forte demanda por chips e avanço de ferramentas de IA generativa mais avançadas pelas big techs.

  • Em função disso, a projeção de receita para o próximo trimestre saltou para US$ 11 bilhões — bem acima dos US$ 7 bilhões estimados pelo consenso.

  • Receita total: US$ 7,2 bilhão (-13% YoY) | Lucro líquido: US$ 2,7 bilhões (-21% YoY)


💰 Fundo para startups | OpenAI levanta fundo de US$ 175 milhões para investir em startups. Segundo a Bloomberg, a informação está registrada em um documento da SEC (CVM dos Estados Unidos). O fundo OpenAI Startup Fund tem por objetivo apoiar empresas que desenvolvem soluções de IA.


♾️ Nova publicidade | Meta (Facebook) lança AI Sandbox. A novidade servirá como ambiente de testes para as versões iniciais de novas ferramentas e recursos publicitários de IA generativa, que prometem melhorar o desempenho de campanhas de publicidade e otimizar processos criativos de empresas.

  • Entre as novas funcionalidades, estão a variação de textos de anúncios e a criação e corte de fundo de imagens.

  • Com isso, a Meta se posiciona na corrida das big techs pela IA Generativa, com foco no mercado publicitário. Em 2022, cerca de 97% da receita da Meta foi gerada por publicidade nas redes sociais (Instagram, Facebook e WhatsApp).


🍎 Sem ChatGPT | Apple proíbe uso do ChatGPT e do Copilot por funcionários. A medida visa mitigar os riscos de manipulação de dados confidenciais e código proprietário da Apple nas ferramentas de IA adquiridas ou parceiras da rival Microsoft. Com isso, a Apple se une às grandes companhias Samsung, Amazon e JPMorgan, que também proibiram o uso dessas ferramentas.

 

🍎 Acordo bilionário | Apple fecha acordo com a Broadcom. A iniciativa visa a produção de chips ressonador acústico de filme em massa (FBAR, em inglês) e outros componentes avançados de conectividade sem fio nos Estados Unidos. Esses chips ajudam a reduzir ruídos e a separar as bandas de sinal, melhorando a conectividade e a qualidade da rede 5G.


🔴 Mais demissões | Meta (Facebook) demite colaboradores via e-mail. Segundo fontes não oficiais, a big tech deve desligar mais de 6 mil colaboradores a nível global — é a 3ª rodada de demissões em massa. A medida faz parte do “Ano da Eficiência”, anunciado em 2022, que prevê a redução da equipe em cerca de 10 mil colaboradores e fechar 5 mil vagas adicionais.


💸 Multa bilionária | Meta (Facebook) recebe multa de 1,2 bilhão de euros (cerca de R$ 6,4 bilhões) por violar regras de proteção de dados.

  • A big tech foi condenada pelo órgão de proteção de dados da União Europeia (UE) por continuar transferindo dados pessoais de usuários da região para os Estados Unidos.

  • É a maior multa já aplicada por um regulador de proteção de dados. Em nota, a Meta disse que irá recorrer da decisão.


💰 Novo fundo | a16z deve lançar fundo de investimento terceirizado com foco em startups early stage. O plano é financiar os investidores para assinar cheques de startups em estágios iniciais e identificar oportunidades para aportes maiores posteriormente, segundo fontes não oficiais.

  • Ainda não está claro se a gestora está levantando recursos com terceiros ou está juntando dinheiro de sócios para o novo fundo.

  • Andreesen Horowitz (a16z) é uma das maiores gestoras de VC do mundo. Entre suas principais investidas, estão gigantes como SpaceX, Instagram e Loft.

 

Comments


news.png
Receba a principal curadoria do ecossistema de inovação

Newsletter semanal e carta de análise mensal, no seu e-mail, com tudo o que você precisa saber!

bottom of page