06 - set

[resumo semanal] Stone aumenta proposta, eleições americanas e resultado trimestral do Zoom

Em uma semana aquecida para as fintechs brasileiras, as grandes quantias investidas, doadas e acumuladas ganharam as notícias dessa edição. Mas com tantas opções bancárias, o modelo de serviços financeiros está voltando ao passado? Poucos anos atrás, grandes bancos tinham o monopólio de todas as opções de serviços, mas as fintechs mudaram esse panorama. Entretanto, com todos se fortalecendo e criando seu próprio leque de serviços, quem vai se destacar? Pietro Bonfiglioli, sócio da Fisher VB e da snaq, reflete sobre esse tema em sua matéria: O modelo de serviços financeiros está voltando ao passado?

Em outro assunto, como você já deve ter percebido #fish4you agora é #snaqtime, mas eu continuo a mesma, do mesmo computador escrevendo para você. Boa leitura!

SHARE
Eleição americana recebe doação

Doando por bondade?

Mark Zuckerberg, CEO do Facebook e sua esposa, Priscila Chen irão doar US$ 300 milhões para ajudar na infraestrutura das eleições americanas que acontecerão em novembro deste ano. US$ 250 milhões serão destinados para contratação, compra de material e preparo dos americanos que trabalharão na eleição. Os outros US$ 50 milhões serão divididos entre as secretárias americanas para melhorar as medidas de segurança. Segundo Zuckerberg "haverá níveis históricos de votos por correios e um número maior de trabalhadores e equipamentos para a votação".

Context:

Devido as circunstâncias da pandemia, mais americanos devem enviar seus votos por correio como forma de evitar exposição. Entretanto, o U.S. Postal Services' Office of the Inspector General encontrou uma série de problemas que poderiam afetar a capacidade de processamento e entrega das correspondências de forma eficiente. Isso significa que o resultado pode demorar dias ou semanas para ser confirmado. Além disso, como forma de enfrentar um cenário caótico na próxima eleição, Facebook, Google, Twitter e Reddit tem feito reuniões regularmente com autoridades federais para manter a integridade eleitoral. As plataformas mapearam diversos cenários possíveis, mas não divulgaram os resultados de tais exercícios, deixando a dúvida: até onde protegerão a integridade eleitoral frente o que pode está por vir?

Go deeper: Axios | Uol

Linx assina contratos

Quem leva?

Depois de muita especulação sobre a venda da Linx, a Stone aumentou a sua oferta. Agora a proposta é de R$35,10 por ação, aumento de 3,2% frente a original. Além disso, reduziu o breakup fee, de R$ 150 milhões caso o negócio não seja aplicável para R$112,5 milhões. A multa que a Linx terá que pagar caso aceite outra oferta também caiu, de R$600 milhões passou para R$454 milhões. Outra redução também acordada foi o non-compete dos executivos, Alberto Menache, o único dos três fundadores que continuará trabalhando na empresa, receberá agora R$95 milhões nos próximos cinco anos, anteriormente esse valor era de R$ 105 milhões em três anos. Já Nércio Fernandes receberá R$75 milhões ao longo de cinco anos, enquanto Alon Dayan ficará com R$15 milhões no mesmo período.

A Totvs, também interessada na aquisição da Linx, afirmou que sua proposta está em fase final de revisão e que será levada ao conselho nos próximos dias. Veja AQUI os últimos acontecimentos dessa disputa.

Go deeper: Brazil Journal | CNN

Resultados do zoom

Quem não queria um resultado desses?

Se teve uma empresa que cresceu exponencialmente em 2020, essa foi o Zoom. A pandemia trouxe consigo o isolamento social, mas o trabalho não pode parar e a plataforma de vídeoconferência se tornou uma das principais soluções para esse período, quiça do ano. O Zoom divulgou os resultados do segundo trimestre e impressionou. Sua receita do período foi de US$ 663,5 milhões, um aumento de 355% no último ano. A empresa agora conta com um total de 370.200 clientes com pelo menos 10 funcionários cada. Veja nosso Review completo dos resultados AQUI.

Go deeper: Axios

Notícias Rápidas

- Neon capta R$ 1,6 bilhão. Go deeper

- Falha de segurança no Slack permite acesso a canais e conversas privadas. Go deeper

- Enjoei protocola pedido de IPO na CVM. Go deeper

- Magalu se fortalece ainda mais com nova aquisição. Go deeper

- China joga contra a venda do TikTok. Go deeper