Twitter, uma das redes sociais mais populares do mundo

Conheça um pouco da história de uma das redes sociais mais usadas no mundo. Apresentamos alguns fatos sobre sua história além de apresentar alguns números da plataforma de microblogging.

SHARE

O Twitter é uma rede social americana fundada em 2006 por: Jack Dorsey, Evan Williams e Biz Stone. Também conhecida como uma plataforma de microblogging, ela oferece aos usuários um espaço de divulgação de conteúdos escritos, vídeos, imagens e áudios, além de contar com outras finalidades como: trending topics, que são os assuntos mais comentados do momento; as listas, ferramenta de organização de tweets em diferentes categorias; e os tópicos, que permitem seguir alguma temática específica.

Usuários Diários Ativos e Monetizáveis

É uma das redes sociais mais usadas no mundo e conta com mais de 330 milhões de usuários ativos, que realizam por dia mais de 500 milhões de tweets. A alta rotatividade de conteúdo se deve a lógica das micro postagens, uma vez que há um limite de 280 caracteres. A grande vantagem do Twitter em relação aos seus concorrentes é a sua capacidade de espalhar informações.

Vale ressaltar que nos últimos anos a companhia passou a utilizar uma métrica diferente de contagem de usuários, os usuários diários ativos e monetizáveis (monetizable daily active users), que conta a quantidade de pessoas que logaram na rede social, pelo app ou pela web, e podiam ver publicidade.

O começo da popularidade foi em 2007, na South by SouthWest Interactive (SXSW). Ao contrário do que muitos dizem, o Twitter não foi lançado na famosa conferência de tecnologia, mas é um dos exemplos de startups que souberam se beneficiar do evento. Foi feito um investimento de publicidade nos painéis que ficavam nos corredores, por onde mostravam os tweets de pessoas que estavam no evento e queriam compartilhar alguma informação com o público. Com mais de 60 mil postagens feitas, a companhia aproveitou a exposição a early adopters e começou uma expansão da sua base.

Um pouco dos números

Receita do Twitter

Com exceção de 2017, houve um crescimento da receita e o CAGR (Compound Annual Growth Rate) foi de quase 20%. No primeiro semestre de 2020 houve uma queda na receita em comparação com o mesmo período do ano passado, o que é justificado por conta da pandemia de coronavírus.

Em similaridade com o Facebook, grande parte da receita (mais de 86% no último ano) vem de publicidade feita dentro da plataforma. São 3 tipos de patrocínio que podem ser feitos: patrocínio de tweets, no qual a companhia circula um post específico para uma audiência selecionada; patrocínio de perfis, aparecendo em sugestão de contas para pessoas com perfil semelhante; e promoção de trends, quando você aparece no topo da lista de trending topics durante um dia inteiro em um país.

Os dois maiores mercados são: os EUA e o Japão, que em 2019 corresponderam a 56,2% e 15,5%, respectivamente.

Outros dados relevantes

EBITDA Twitter

Fluxo de Caixa Livre Twitter